Prazo para adesão ao Refaz ICMS em Rondônia termina nesta quinta-feira

Os contribuintes de Rondônia têm até quinta-feira (28)  para aderir ao  Programa de Recuperação de Créditos da Fazenda Pública Estadual, Refaz ICMS, com descontos de até 95% sobre os juros e multas das dívidas do ICMS geradas até 31 de dezembro de 2021, para pagamento à vista. A opção de parcelamento em até 120 vezes também está disponível, com descontos progressivamente reduzidos, chegando à 65%.Além disso, os valores mínimos das parcelas variam de acordo com a categoria do contribuinte. Microempreendedores individuais, produtores rurais e pessoas físicas com faturamento até R$ 81 mil, têm parcela mínima de R$ 200. Para optantes do Simples Nacional, com faturamento entre R$ 81 mil a R$ 3,6 milhões, a parcela mínima é de R$ 400. Para empresas no regime normal com faturamento acima de R$ 3,6 milhões, a parcela mínima é de R$ 600.

Empresas com dívidas superiores a 200 milhões podem aderir ao programa, mas apenas para pagamento à vista, com desconto de 85%. Nesse caso, é obrigatório recolher uma contribuição de 2% ao Fundo para Infraestrutura e Habitação (FITHA) sobre o valor total devido, após as reduções de juros e multa.

Os contribuintes interessados em regularizar suas dívidas relacionadas ao Imposto de Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) podem acessar o Portal do Contribuinte no site da Secretaria de Estado de Finanças no endereço https://www.sefin.ro.gov.br, ou buscar uma das 23 agências de rendas da Sefin localizadas nos municípios do Estado.

Os contribuintes de Rondônia têm até quinta-feira (28)  para aderir ao  Programa de Recuperação de Créditos da Fazenda Pública Estadual, Refaz ICMS, com descontos de até 95% sobre os juros e multas das dívidas do ICMS geradas até 31 de dezembro de 2021, para pagamento à vista. A opção de parcelamento em até 120 vezes também está disponível, com descontos progressivamente reduzidos, chegando à 65%.Além disso, os valores mínimos das parcelas variam de acordo com a categoria do contribuinte. Microempreendedores individuais, produtores rurais e pessoas físicas com faturamento até R$ 81 mil, têm parcela mínima de R$ 200. Para optantes do Simples Nacional, com faturamento entre R$ 81 mil a R$ 3,6 milhões, a parcela mínima é de R$ 400. Para empresas no regime normal com faturamento acima de R$ 3,6 milhões, a parcela mínima é de R$ 600.

Empresas com dívidas superiores a 200 milhões podem aderir ao programa, mas apenas para pagamento à vista, com desconto de 85%. Nesse caso, é obrigatório recolher uma contribuição de 2% ao Fundo para Infraestrutura e Habitação (FITHA) sobre o valor total devido, após as reduções de juros e multa.

Os contribuintes interessados em regularizar suas dívidas relacionadas ao Imposto de Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) podem acessar o Portal do Contribuinte no site da Secretaria de Estado de Finanças no endereço https://www.sefin.ro.gov.br, ou buscar uma das 23 agências de rendas da Sefin localizadas nos municípios do Estado.

Source: Secom/RO

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
× Canal de denúncias