Fracassa mais um plano de Pink e Cérebro para dominar Ariquemes

Com Pink e Cérebro na coleira, fica mais fácil governar Ariquemes

Mais uma tentativa trazida à mesa fracassa. O esforço do Fera, frente ao Tribunal de Contas do Estado TCE, para derrotar a família Redano e dominar a cidade de Ariquemes fracassou, a tentativa não atendeu os critérios de seletividade e deixa a fera na coleira.

Recentemente o blogentrelinhas comparou com um plano de Pink e Cérebro uma denúncia feita contra a prefeita de Ariquemes, Carla Redano. O vereador Rafael é o Fera, na época em que estava afastado do mandato, pulou o muro de um prédio da prefeitura para filmar medicamentos. Depois disso o deputado Delegado Camargo (Republicanos) encaminhou a mesma denúncia ao Tribunal de Contas do Estado.

No TCE, o conselheiro Edilson Silva determinou o arquivamento do Procedimento Apuratório Preliminar, especificando que a ação não atende os critérios de seletividade. Aparentemente fracassou um plano. A dupla Rafael é o Fera e Delegado Camargo é adversária política dos Redano, isso até as pedras de Ariquemes sabem.

Agora foi inicialmente espalhado através do aplicativo WhatsApp um material acusando três deputados, dentre eles Alex Redano (Republicanos), de alguma trama envolvendo a eleição da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa no período de 2019 a 2023. Em seguida o vereador Rafael é o Fera posta um meme com a foto de Redano, acusando o parlamentar de ter cometido crimes.

Somente alguém que não entende nada de política acreditaria que é uma mera coincidência uma matéria ser lançada em grupos de WhatsApp e depois o vereador divulgar o meme. O problema não é Pink e Cérebro se acharem espertos. É eles pensarem que os outros são burros.

Na matéria atacando Alex Redano não há erros de Português. Isso quer dizer que o texto não foi produzido por Rafael é o Fera. É só o cidadão começar a raciocinar um pouco. Nem precisa ser muito. Quem é o outro adversário político de Alex Redano em Ariquemes, e por sinal muito ligado ao Fera? Seria o deputado Delegado Camargo? Quem teria gente na equipe capaz de escrever um texto que preste? Rafael é que não é, pois em gabinete de vereador não há estrutura para isso.

E no texto ainda falam de investigação da eleição da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, em processo na Justiça. Aparentemente são dois políticos em início de carreira, que não conhecem a história da Casa de Leis. Essas últimas eleições foram tranquilas. Vamos lembrar algumas?

Teve uma em que o candidato a presidente da Assembleia Legislativa levou os deputados para Manaus e os manteve trancados em um hotel, incomunicáveis. Chegou o assessor de um então senador barbudo e chamou um dos deputados no saguão do hotel. Quando soube quem estava chamando, o deputado teve que ir.

O assessor do então senador barbudo disse para o deputado voltar imediatamente para Porto Velho, porque o candidato do patrão era outro, e não o que estava mantendo os parlamentares presos em Manaus.

Segundo dizem, o senador barbudo segurava um processo de improbidade administrativa do deputado em uma instância superior, em Brasília. A ação judicial era da época em que o deputado era prefeito. O deputado voltou para o quarto onde estava confinado, arrumou as malas, regressou para Porto Velho e devolveu ao candidato a presidente da Assembleia o dinheiro que tinha recebido. Votou no candidato do senador.

Houve um outro caso em que deputados foram trancados em uma fazenda, por um outro candidato a presidente da Assembleia Legislativa. Teve um deputado, de Vilhena, que chorou, tentando telefonar para a esposa. O candidato a presidente não deixou. Afinal, tinha pago bem e queria os deputados quietos.

Não se viu nada disso nas últimas eleições, até porque o Ministério Público do Estado está muito mais estruturado. O que se tem visto são coisas que fazem parte da política.

Os planos de Pink e Cérebro parecem não dar certo, não porque lhes falte inteligência. O que ocorre é que aparentemente não percebem que os outros também raciocinam. Está na cara que o objetivo da dupla é derrubar os Redano por conta das eleições de 2024. Como não têm trabalho para apresentar, atacam. Coisas da política.

Outra coisa. O eleitor vota em candidatos que aparentam incoerência, mas para cargos no legislativo, onde é interessante ver alguma confusão. Mas quando está em jogo uma prefeitura dificilmente ganha aqueles que somente denunciam. Parece que está difícil tirar a reeleição de Carla Redano, e algumas denúncias parecem desespero.

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
× Canal de denúncias