Inesperadamente empresa de servidor do Ministério da Fazenda fecha contrato milionário sem licitação

Foto: Agência Brasi

Um servidor do Ministério da Fazenda, Marcelo Fiche, viu sua empresa, a Rede Brasileira de Certificações Pesquisa e Inovação (RBCIP), fechar um contrato de R$ 15,75 milhões sem licitação com o Ministério das Comunicações.

Este contrato, destinado à capacitação tecnológica de jovens de baixa renda, será pago em uma parcela única antecipada, uma prática atípica na administração pública.

A RBCIP, fundada em 2019 e sem fins lucrativos, já esteve envolvida em uma investigação por corrupção em 2013, quando Fiche era chefe de gabinete do então ministro da Fazenda, Guido Mantega.

Apesar das acusações, o caso foi arquivado por falta de provas em 2016.

A negociação do contrato ganhou velocidade após uma reunião entre Fiche e o ministro das Comunicações, Juscelino Filho, em outubro de 2023. A justificativa para o pagamento antecipado se baseou em uma portaria conjunta de agosto de 2023, que permite tal prática para equipamentos e materiais especiais de fabricação específica.

Marcelo Fiche defendeu a capacidade e a experiência da RBCIP em projetos itinerantes de ensino tecnológico em escolas públicas. Ele também justificou o pagamento antecipado como uma forma de obter melhores preços à vista.

O Ministério das Comunicações afirmou que respeitou todos os parâmetros legais durante o processo, sem se responsabilizar pela indicação da empresa. A situação jurídica de Marcelo Fiche e suas acusações anteriores não influenciaram a análise, segundo o ministério.

 

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
× Canal de denúncias