Missão norte-americana abandona meta de ir à Lua

A primeira tentativa norte-americana de aterrissar na Lua em mais de 50 anos foi abandonada depois de um vazamento de combustível na nave de uma empresa privada. poucas horas após o lançamento.

A Astmbotic Technology, com sede em Pittsburgh, admitiu que a sonda Peregrine dispõe apenas do combustível suficiente para viajar durante 40 horas. o que não lhe permitirá pousar na Lua. meta planejada para 23 de fevereiro.

“se os propulsores puderem continuar a operar, acreditamos que a nave espac1al poderá continuar num estado estável de orientação por aproximadamente mais 40 horas com base no consumo atual de combustível”. disse a empresa.

Diante do novo panorama. a Astrobotic informou que agora o ob1etivo é levar a sonda até “o mais próximo possível” da Lua antes que ela perca energia.

A empresa disse também que trabalha com a Nasa, a agência espacial norte-americana, “para determinar o impacto nas cinco investigações científicas da agência a bordo da Peregrine”.

O problema, uma “crítica perda de combustível”, foi registrado cerca de sete horas após a decolagem, na madrugada dess3 segunda-feira (8), da Estação da Força Espacial de Cabo Canaveral.

A empresa conseguiu orientar a sonda em direção ao sol para que o painel solar pudesse captar a luz solar e carregar bateria. enquanto uma equipe especial avaliava o estado do que foi descrito como “falha no sistema de propulsão”.

A empresa pretendia ser a primeira do setor privado a aterrissar com sucesso na Lua, o que apenas quatro países conseguiram. Está previsto um segundo lançamento, em fevereiro, de uma empresa de Houston.

A Nasa, que financiou com 108 milhões de euros a Peregrine da Astrobotic, pretende que sondas privadas explorem o local antes da chegada de astronautas, fornecendo também experiências tecnológicas e científicas à agência espacial, outros países e universidades.

Apesar de admitir o revés com a Peregrine, o administrador da Nasa, Bill Nelson, preferiu destacar nas redes sociais o sucesso do novo foguete Vulcan Centaur, do grupo industrial ULA. que levou a sonda até a espaço.

Isso faz com que a Nasa disponha de “mais ferramentas para explorar o espaço” acrescentou Nelson.

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
× Canal de denúncias