Diretor-geral da PF é enquadrado sobre possibilidade de “prisão” de Bolsonaro

Foto: Reprodução; Agência Brasil

Em recente entrevista, o diretor-geral da Polícia Federal (PF), Andrei Rodrigues, afirmou que o resultado de investigações contra o ex-presidente Jair Bolsonaro vai aparecer.

“O trabalho está sendo feito e o resultado, em algum momento, isso vai acontecer”, disse Rodrigues.

Indagado sobre uma possível prisão de Bolsonaro, o diretor-geral da PF evitou opinar.

“Eu não posso, por óbvias razões, asseverar que a pessoa investigada A, B ou C vai ser indiciada, vai ser presa, o que vai acontecer”.

“Nós trabalhamos com o dado técnico. Se houver indícios de autoria, materialidade suficientes ao indiciamento, a pessoa será indiciada. Se houver, tecnicamente e com fundamento na legislação, não em achismo, não em convicções por A mais B, mas por provas de que a pessoa está cometendo crimes – e que esses crimes e as situações que estão ocorrendo ensejam a prisão, por exemplo, temporária ou preventiva -, o presidente do inquérito policial assim deve proceder”, afirmou.

 

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
× Canal de denúncias