Polícia prende dois na capital e esclarece assassinato de jovem executado com mais de 50 tiros

Policiais da 2ª Delegacia de Homicídios de Porto Velho, prenderam Sérgio R.S., e Avadelison S.P., acusados de terem participação na morte a tiros de Guilherme Matheus Araújo Nóbrega, na tarde do dia 1 deste mês, em uma propriedade, localizada na  Estrada dos Japoneses, na zona sul da capital.

No dia do crime, Guilherme, que estava foragido por ter cortado uma tornozeleira eletrônica, estava sentado no sofá da casa, quando dois homens apareceram começaram a atirar.

Ele foi atingido com mais de 50 tiros e morreu no local. O avô dele ficou ferido e foi socorrido ao pronto-socorro João Paulo II.

Após o crime, os policiais iniciaram as investigações e chegaram até os dois autores.

A motivação do assassinato, seria porque Sérgio, acusava Guilherme de ter matado seu filho, Renan Vasques da Silva, na tarde do dia 13 de junho do ano passado.

Renan estava em frente a sua residência, quando foi surpreendido por criminosos que atiraram várias vezes. Ele morreu no Hospital João Paulo ll, horas depois.

Com a prisão decretada pela justiça, os policiais cumpriram na manhã desta quinta-feira (17), na zona sul da capital.

O outro preso, Avadelison, é sobrinho de Sérgio.

Segundo as investigações, a dupla de parentes chegou ao local já atirando contra a vítima, atingida por mais de 50 tiros.

Rondoniagora.com

Source: rondoniagora

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
× Canal de denúncias