Alunos do Major Guapindaia alcançam nota 980 na redação do Enem

O Governo de Rondônia reconhece o trabalho dos professores, o esforço e a dedicação dos alunos da Rede Pública Estadual de Ensino que obtiveram resultados expressivos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que aconteceu em novembro de 2023. Os resultados foram divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), na terça-feira (16).O resultado do Enem pode ser utilizado para ingressar no ensino superior por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do Portal Único de Acesso ao Ensino Superior (Prouni) e do Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies). A nota também pode ser aplicada para ingresso em universidades de outros países e como critério de entrada em instituições particulares.

A estudante Mariana Tosta, de 18 anos, matriculada no terceiro ano do Ensino Médio na escola Major Guapindaia, alcançou 980 pontos na redação. Ela afirma que, o auxílio do corpo docente contribuiu com a preparação para o exame, mantendo os alunos antenados às novidades, dicas e macetes para o Enem. “Ao longo do ano, tivemos muitas redações feitas na plataforma ‘’Agora vai’, disponibilizada pelo Governo de Rondônia, onde tive acesso a correções extremamente detalhadas sobre minhas redações, de forma totalmente gratuita, o que me ajudou a aperfeiçoar a escrita. Meus planos sempre foram cursar Odontologia e creio que a partir desta nota, consiga uma boa vantagem”, ressaltou.

Revisa Enem

Outra estudante do 3ª ano do ensino médio, que obteve uma nota positiva, foi a Maria Clara Carriço, de 18 anos, também do Major Guapindaia, que obteve 980 pontos na redação. Segundo a estudante, o incentivo da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) foi essencial. “Foram vários aulões dedicados à redação com a participação de profissionais, além da disponibilização da plataforma ‘Revisa Enem’, que mensalmente lançava temas semelhantes ao do Exame para treinar e corrigir as redações, fazendo eu enxergar os meus erros e tendo me permitindo melhorar as competências que eu tinha dificuldade. Agora é aguardar e tentar ingressar em uma faculdade, com o foco no curso de Ciência da Computação”, explicou.

Segundo a titular da Seduc, Ana Pacini, os investimentos refletem o empenho da gestão em construir uma base sólida para o desenvolvimento do Estado, por meio da Educação. “A plataforma ‘Revisa Enem’ é uma atuação direta do Governo para implementar os processos e meios de aprendizados facilitadores aos estudantes, que estão se preparando para entrar em uma universidade. A ferramenta está possibilitando que os estudantes alcancem expressivas notas e ingressem no ensino superior”, ressaltou.

O Governo de Rondônia reconhece o trabalho dos professores, o esforço e a dedicação dos alunos da Rede Pública Estadual de Ensino que obtiveram resultados expressivos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que aconteceu em novembro de 2023. Os resultados foram divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), na terça-feira (16).O resultado do Enem pode ser utilizado para ingressar no ensino superior por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do Portal Único de Acesso ao Ensino Superior (Prouni) e do Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies). A nota também pode ser aplicada para ingresso em universidades de outros países e como critério de entrada em instituições particulares.

A estudante Mariana Tosta, de 18 anos, matriculada no terceiro ano do Ensino Médio na escola Major Guapindaia, alcançou 980 pontos na redação. Ela afirma que, o auxílio do corpo docente contribuiu com a preparação para o exame, mantendo os alunos antenados às novidades, dicas e macetes para o Enem. “Ao longo do ano, tivemos muitas redações feitas na plataforma ‘’Agora vai’, disponibilizada pelo Governo de Rondônia, onde tive acesso a correções extremamente detalhadas sobre minhas redações, de forma totalmente gratuita, o que me ajudou a aperfeiçoar a escrita. Meus planos sempre foram cursar Odontologia e creio que a partir desta nota, consiga uma boa vantagem”, ressaltou.

Revisa Enem

Outra estudante do 3ª ano do ensino médio, que obteve uma nota positiva, foi a Maria Clara Carriço, de 18 anos, também do Major Guapindaia, que obteve 980 pontos na redação. Segundo a estudante, o incentivo da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) foi essencial. “Foram vários aulões dedicados à redação com a participação de profissionais, além da disponibilização da plataforma ‘Revisa Enem’, que mensalmente lançava temas semelhantes ao do Exame para treinar e corrigir as redações, fazendo eu enxergar os meus erros e tendo me permitindo melhorar as competências que eu tinha dificuldade. Agora é aguardar e tentar ingressar em uma faculdade, com o foco no curso de Ciência da Computação”, explicou.

Segundo a titular da Seduc, Ana Pacini, os investimentos refletem o empenho da gestão em construir uma base sólida para o desenvolvimento do Estado, por meio da Educação. “A plataforma ‘Revisa Enem’ é uma atuação direta do Governo para implementar os processos e meios de aprendizados facilitadores aos estudantes, que estão se preparando para entrar em uma universidade. A ferramenta está possibilitando que os estudantes alcancem expressivas notas e ingressem no ensino superior”, ressaltou.

Source: Secom

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
× Canal de denúncias