O padre que transformou a internet em seu playground para brincar com adolescentes

Por Marco Angeli Full*

A decadência absoluta de valores da esquerda brasileira e o afeto extremo à mentira – coisa genética – estão mais que evidentes no caso do padre que transformou a internet em seu playground sexual pra brincar com adolescentes.

Apesar da maioria das provas que confirmam as estrepolias do sacerdote comunista – e militante – a imprensa alugada e os amici fazem malabarismos para beatificar o cara.

A tática é velhinha: atacar quem mostra a verdade, de todas as formas, e jamais discutir o foco da questão.

A ideia bacaninha é vitimizar o ‘santo’ padre, naturalmente.

Suas façanhas, entretanto, correm pelo mundo, e podem resultar até em investigação do Vaticano, o que pode gerar mais um capítulo dessa ‘série’ deplorável.

Não que isso vá dar algum resultado prático, já que o Vaticano, como se sabe, costuma passar pano para seus membros pegos no flagra – com o membro na mão ou não – praticando pedofilia e outras façanhas.

Na verdade, a esquerda se incomoda por pouco: com a moral já abaixo de cu de cobra por dezenas de histórias piores que essa, envolvendo narrativas, destruição de reputação e até a morte de uma menina, Jéssica, no caso da Mynd, essa história é fichinha.

No palco do lulopetismo, é comédia…

Foto de Marco Angeli Full
Marco Angeli Full

*Marco Angeli Full é Artista plástico, publicitário e diretor de criação.

https://www.marcoangeli.com.br

 

 

 

*As opiniões expressas neste artigo é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Correio de Notícia não tem responsabilidade legal pela “OPINIÃO” que é exclusiva do autor.

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
× Canal de denúncias