Deputado Ismael Crispin mostra a incompetência do ex-prefeito Zenildo Pereira. Mas agora vai pedir votos pra ele

Acontece que, antes, Zenildo era do PT, mas agora ele e o deputado são do MDB. Eles já pulam cirandinha e tiram fotos juntinhos

Têm políticos que mais parecem biruta de aeroporto, ora critica ora elogia. Certamente, a decisão de Ismael Crispin de agora ter que pedir votos para seu antigo desafeto político, pode ser considerado um comportamento contraditório e inconsistente.

Esse tipo de decisão pode gerar perplexidade e críticas por parte da população, especialmente quando existe uma aparente contradição entre as ações e as declarações dos envolvidos. É importante que os eleitores estejam atentos a essas dinâmicas políticas e avaliem as ações e posições dos seus representantes em relação aos seus próprios valores e expectativas.

Geralmente, para os eleitores, políticos que têm mudanças frequentes de posição podem ser vistos como indecisos, oportunistas ou politicamente calculistas. Essa percepção pode influenciar a forma como os eleitores avaliam a integridade e a credibilidade do representante.

Essa percepção pode gerar desconfiança e frustração por parte dos eleitores, pois a coerência e a transparência são características importantes para a confiança na representatividade política.

Como você pode ver o que uma pré-candidatura melancia é capaz de fazer. Em São Miguel do Guaporé o deputado Ismael Crispin (MDB) e o ex-prefeito Zenildo Pereira (MDB) pulam cirandinha juntinhos, batem fotografia um ao lado do outro e participam de reuniões.

Zenildo é chamado pelos adversários de pré-candidato melancia porque foi prefeito pelo PT, mas como o partido agora não está bem visto em São Miguel, migrou para o MDB do senador Confúcio Moura (MDB-RO). Dizem que Zenildo continua vermelho por dentro, mas agora está com uma casca verde e amarela.

Confúcio faz uma peregrinação pelo Estado, porque em 2026 enfrentará um páreo duro. É o preço a ser pago pelo apoio que ele dá ao presidente Lula. Experiente, o senador está agindo corretamente. Ele precisa eleger neste ano o maior número possível de prefeitos para ter apoio daqui a dois anos.

Com uma direita com muitos candidatos e contando com um bom número de prefeitos eleitos pelo MDB, Confúcio passará a ter chances reais de continuar em Brasília como senador. Basta ele se confirmar como o candidato da esquerda em Rondônia. Para isso é preciso lançar algumas candidaturas melancias nos municípios para conseguir apoio extra.

Ismael Crispin, Confúcio, Zenildo e Mosquini pulan cirandinha juntos em São Miguel

O que chama a atenção nesse plano para tentar esverdear a pré-candidatura de Zenildo é um vídeo do deputado Ismael Crispim, gravado em 2015. Ele esculhambou a administração municipal com categoria, em um discurso na Câmara Municipal. Crispin, o Ismael, já era um excelente orador à época, e agora melhorou ainda mais.

No discurso de 2015, Ismael Crispin conta a conversa que teve um uma paciente. Ela relatou que na cama do Hospital Municipal onde se sentou para que fosse feito o toque, cinco outras tinham sentado antes, e ali não tinha lençol.

Para ilustrar a falta de competência de “Zenildo do PT”, como o prefeito era chamado à época, Ismael Crispin lembrou no discurso que na CPL havia discussão para comprar R$ 50 mil de pão, e que que a secretaria levaria muitos dias para consumir tudo. Isso enquanto não havia lençol nos leitos.

Ismael Crispin lembrou, no vídeo, que um médico lhe disse que não havia nem Buscopan para alguém com dor. “É só dar água pro ‘caboco’ e dizer: Deus te abençoe, Deus te ajude. Assim está nosso Hospital Municipal. Falta gerência, falta condições de conduzir a coisa de verdade”, ironizou.

O deputado, que era vereador em 2015, disse ter visto o micro-ônibus que transportava pacientes para Porto Velho, e que o veículo estava com a ponta do eixo torta e com arame do pneu à mostra.

“Corre o risco de matar o cidadão pela estrada. Procurei (o prefeito Zenildo) para pedir para não deixar o cidadão sair com aquele pneu, mas não se acha o ‘caboco’ nem com bala doce, fica difícil”, discursou Ismael Crispin.

“Falta moral para bater no peito e dizer: nós erramos aqui”, prosseguiu. Depois ele reclamou de projeto que chega ao meio-dia para ser votado de noite. “(O prefeito Zenildo) Sabe que vai vencer no dia 30 de dezembro, mas deixa para trazer no dia 31 de dezembro, um dia depois. Mas incompetência não é crime, e por isso sofre a população”, prosseguiu Ismael Crispin.

Pelo discurso é possível perceber que Ismael Crispin considerava Zenildo do PT uma porcaria de prefeito. É perceptível que no discurso não estava se falando do caráter do cidadão Zenildo, e sim da maneira como ele administrava a prefeitura. Tratava-se de uma crítica embasada.

Mas agora os dois estão no mesmo partido, o MDB. Ismael Crispin precisará de palanque para se reeleger deputado em 2026, e também precisa ajudar a reeleger Confúcio Moura senador. O que será que ele vai dizer de Zenildo agora?

Veja o vídeo:

Acompanhe o discurso de Ismael Crispin detonando a administração Zenido Pereira

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
× Canal de denúncias