Produtores rurais plantam 30 mil mudas em programa ambiental 

(CRÉDITO: DIVULGAÇÃO)

Até o final de janeiro de 2024 mais de 30 mil mudas nativas serão plantadas em propriedades do Triângulo Mineiro atendidas pelo programa Agro+Verde. A iniciativa é realizada pelo Sistema Faemg Senar, por meio do Instituto Antônio Ernesto de Salvo (Inaes), em parceria com a Cargill, para contribuir com uma agricultura cada vez mais sustentável em Minas e no Brasil.

O programa apoia produtores rurais na recuperação de pastagens e passivos ambientais de suas propriedades, contando com distribuição de insumos e assistência técnica. Inicialmente, cerca de 200 produtores rurais do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba serão beneficiados. Somente na primeira etapa, o programa atendeu 30 pecuaristas de corte e de leite. Foram entregues 1.324 toneladas de calcário e 150 toneladas de adubo para melhorias nas pastagens degradadas e recuperação de áreas de preservação permanente e reserva legal.

Além disso, foram distribuídos 335 mil metros de arame liso, 14.877 peças de madeira, entre estacas e mourões, e 2.500 catracas para a construção de quase 65 quilômetros de cercas. De acordo com o vice-presidente de Finanças do Sistema Faemg Senar e presidente do Inaes, Renato Laguardia, as ações do Agro + Verde incluem o diagnóstico da propriedade rural e das áreas de proteção legal que serão restauradas, análise de solo para levantar quais serão os insumos necessários e o fornecimento de mudas.

“As ações incluem também a capacitação dos produtores para manutenção e monitoramento das áreas restauradas. Os produtores são atendidos por técnicos de campo do Sistema Faemg Senar em visitas mensais nas propriedades”, explicou.

O Agro + Verde é fruto de uma parceria com a multinacional Cargill e está alinhado com a meta da empresa de restaurar 100 mil hectares de vegetação nativa nos próximos anos.

Rodrigo Ribeiro Resende é um dos pecuaristas beneficiados. Além da assistência técnica, ele recebeu material para aproximadamente 4 mil metros de cerca no entorno da área de preservação permanente da propriedade. Foram entregues 116 mourões, 843 estacas, 250 catracas e 23 rolos de arame de 1.000 metros. Antes de iniciar a construção, ele buscou mais conhecimento. Rodrigo foi aluno do curso de Cerqueiro – Arame Liso, ofertado pelo Sistema Faemg Senar no município de Uberaba.

“Fiz o curso para entender o processo de construção da cerca no padrão correto, o que me auxiliou na contratação de mão de obra. O Agro + Verde é muito bacana, principalmente em relação à preservação. Muitas vezes, o produtor acaba tendo outras prioridades e deixa este aspecto por último. O projeto é uma ajuda muito boa. Estamos contratando apenas a mão de obra e a entrega do material aliviou bastante no custo da cerca”, afirmou o pecuarista, que também recebeu adubo e calcário para a reforma de quase 11 hectares de pastagens na propriedade.

Próxima etapa

Para a segunda fase do projeto, outros 120 produtores já estão passando por análise de documentação. O projeto abrange 17 municípios do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba: Uberaba, Veríssimo, Campo Florido, Uberlândia, Campina Verde, Prata, Ituiutaba, Monte Alegre de Minas, Gurinhatã, Santa Vitória, Comendador Gomes, União de Minas, Nova Ponte, Conquista, Presidente Olegário, Patos de Minas e Lagoa Grande.

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
× Canal de denúncias