O DIA NA HISTÓRIA

Por Lúcio Albuquerque*

1942 – Em avião da Panair do Brasil virá a Porto Velho uma equipe da empresa, para verificar as condições de operações na região.

1954 – Contratado pelo seringalista Octávio Reis, o médico Herculano Teixeira chega a Fortaleza do Abunã e se instala no posto de saúde da vila, fazendo atendimentos “dia e noite”.

1960 – Em rede nacional de TV, o presidente JK anuncia que em 10 meses estará aberta a rodovia BR-29, o “Outro braço da Cruz”, como dizia o governador Paulo Leal.

1976 – Além do deputado Jerônimo Santana (MDB) o partido de apoio ao governo, a Arena, quer a saída do governador Humberto Guedes e a substituição por um nome “da terra”.

OBS: Guedes ficaria no governo até abril de 1979.

1990 – A fila de pagamento dos aposentados, é também o de reencontro dos primeiros membros da Guarda Territorial, conforme o historiador Esron Menezes, que em 1944 os selecionou.

HOJE É

Dia Nacional da Mamografia. Dia Nacional do Datiloscopista. Dia Nacional do Dermatologista.

Católicos celebram Santa Águeda, Santa Adelaide, Beata Isabel Canóri Mora,

BRASIL

1927 – Morreu o poeta Joaquim Osório Duque Estrada (n. 1870), autor da letra do Hino Nacional. 1599 — Holandeses são repelidos pela 1ª vez, no Rio de Janeiro.

MUNDO

1936 – Lançado “Tempos Modernos”, filme de Charlie Chaplin, a luta do homem contra máquinas e a exploração humana. 1597 — Acusados de “ameaçar” a sociedade, cristãos japoneses são massacrados naquele país. 1924 — Observatório Real de Greenwich começa a transmitir os sinais de hora conhecidos como Greenwich Time Signal.

FOTO DO DIA

POR QUE A ARENA CONTRA GUEDES?

Em 2005 o governador Humberto Guedes, em sua residência (*) em Brasília, falou sobre dificuldades que teve quando foi designado, há 30 anos, para governar Rondônia, e que ao tomar posse recebeu só uma ordem.

Deveria exonerar o prefeito de Porto Velho Odacir Soares. Oficial graduado do Exército, Guedes costumava não discutir ordens. Odacir, advogado, jornalista, há anos morando na cidade, era prefeito já por duas vezes e dirigente regional da Arena.

“Assumi e o primeiro visitante foi o prefeito Odacir. Eu o informei que estava exonerado”.

Isso pode explicar os problemas de Guedes na relação com os políticos locais: o MDB só criticava. Na Arena o problema era o “fator Odacir”.

Durante seu governo (1975/79) houve duas eleições. Para vereador em 1976, o MDB fez maioria em Porto Velho e em 1978 Guedes foi responsável pela eleição de Isaac Newton para deputado federal. Eram duas vagas. Jerônimo Santana (MDB) ficou com a primeira e Isaac (Arena) a segunda.

Odacir teve de se contentar com uma suplência.

(*) Participei da conversa com os jornalistas Montezuma Cruz e Zé Carlos Sá

F. Odacir também foi acusado de agir a favor da exoneração do governador Jorge Teixeira, responsável pela sua eleição e da maioria do PDS em 1982

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
× Canal de denúncias