Bolsonaro resiste às ações ilegais da PF e afirma que não vai depor sem ter acesso aos autos

O ex-presidente Jair Bolsonaro acaba de tomar um postura firme e inédita contra a perseguição que vem sofrendo.

Após ser intimado pela Polícia Federal (PF) para depor, Bolsonaro informou ao Supremo Tribunal Federal (STF) que “opta por não prestar depoimento”.

Por meio de seus advogados, Bolsonaro disse ter intenção de colaborar com as investigações, mas que só conversará com a PF quando tiver acesso integral à todas as mídias dos aparelhos celulares apreendidos em operações contra ela.

A defesa alega que ainda não teve acesso a mídias com conversas, textos e elementos da investigação que, “se disponibilizados em sua integralidade, poderiam, inclusive, contribuir de maneira significativa para a comprovação da inocência do peticionário (Bolsonaro) e o esclarecimento da verdade real, um princípio essencial em uma sociedade justa e democrática, fundamentada nos pilares do Estado de Direito”.

Assim, “em decorrência da falta de acesso a todos os elementos de prova, o peticionário opta, por enquanto, pelo uso do silêncio, não abdicando de prestar as devidas declarações assim que tiver conhecimento integral dos elementos”, completaram os representantes legais do ex-presidente.

A PF intimou Bolsonaro para depor nesta quinta-feira (22/2), às 14h30, justamente a poucos dias da mega manifestação convocada pelo ex-presidente que deve lotar a avenida Paulista com milhares pessoas.

A convocação da manifestação por Bolsonaro é mais um ato de reação contra o plano do “sistema” de uma eventual prisão meramente política.

Source: JCO
0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
× Canal de denúncias