Deputada Sílvia Cristina comemora a transposição de mais 58 servidores do ex-território para os quadros da União

Parlamentar informou que segue lutando para a aprovação da PEC 47, que amplia o prazo para a transposição-Foto:Assessoria

A deputada federal Sílvia Cristina (PL) comemorou a publicação, pela Comissão Especial dos Ex-Territórios Federais de Rondônia, do Amapá e de Roraima, da portaria com o nome de mais 58 servidores do ex-território de Rondônia, que tiveram deferidos os seus pedidos de opção de transposição ao quadro federal.

“É mais um passo importante para fazer justiça e assegurar os direitos dos servidores que fizeram tanto por Rondônia. É um reconhecimento, embora demorado, para quem tanto contribuiu com Rondônia”, disse a deputada.

A portaria foi publicada na edição 38, Seção 2, página 64, do Diário Oficial da União desta segunda-feira, 26. Os 58 servidores foram enquadrados na União.

PEC 47

A deputada voltou a defender que a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 47 seja votada na Câmara dos Deputados, após ter sido aprovada pelo Senado Federal. A PEC assegura e amplia o prazo para transpor ao quadro em extinção da administração federal, os servidores admitidos até 1991, no caso de Rondônia.

Segundo ela, “a aprovação da PEC 47 dá o devido reconhecimento a quem merece, sendo transposto ao quadro federal. A matéria está pronta para votar e a Câmara dos Deputados precisa fazer também a sua parte, com a união dos líderes, independente de bandeira ideológica, para a votação e aprovação da matéria”.

Confira:

Portaria DOU - Imprensa Nacional
Source: Assessoria
0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

0
Would love your thoughts, please comment.x
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
×

Olá!

Clique em um de nossos contatos abaixo para conversar no WhatsApp

× Canal de denúncias