Governador diz que não bebe, não dá vexame em festa e não vai levar soco

Parece que o governador estava falando de Marcos Rogério. Mais, ele pode ficar tranquilo. O senador pode ser arrogante, mas não é burro. Marcos Rocha é 5º dan de karatê. É melhor que ninguém tente dar um soco nele

Marcos Rocha fez um duro pronunciando, reclamando de críticas que considerou injustas. “Quem não respeita não vai ser respeitado”, disse o governador, olhando para o deputado Delegado Camargo

O ano legislativo começou oficialmente com a tradicional cerimônia de abertura na Assembleia Legislativa de Rondônia (ALERO). Durante a cerimônia de abertura dos trabalhos legislativo nesta terça-feira, 27, o governador de Rondônia, Marcos Rocha, fez algumas declarações importantes, entre elas a sua gratidão ao povo de Rondônia, sobre tudo, a expansão de projetos sociais e o fortalecimento da agroindústria rondoniense e suas prioridades para este segundo mandato. Além de destacar vários pontos do seu governo, o governador falou sobre suas prioridades para 2024.

Durante a governança de Marcos Rocha (União Brasil), este ano foi o discurso que mais chamou a atenção na abertura do ano legislativo. Teve um momento em que ele passou a impressão que estava possivelmente falando com o deputado Delegado Camargo (Republicanos).

O governador subiu o tom do discurso, falando duro, algo raro de se ver em seus pronunciamentos. Talvez por coincidência ele estava olhando para o deputado Camargo. Marcos Rocha reclamou da forma como opositores estão atuando, disse que sempre respeitou a todos e deu um aviso: a partir de agora, quem não respeitar não vai ser respeitado.

Os opositores na Assembleia Legislativa atualmente são os deputados Camargo, Luizinho Goebel (PSC) e Dra. Taissa (PSC). Apesar disso, Camargo tem sido o mais crítico, e coincidentemente o governador estava olhando para ele durante boa parte do discurso.

Outro ponto interessante foi quando Marcos Rocha aparentemente falou algo direcionado ao senador Marcos Rogério (PL-RO). “Eu não bebo, e não vou causar vexame em nenhuma festa, e nem vou ser agredido por ninguém em nenhuma festa, tomando um soco”, afirmou.

Ele supostamente falava de um hipotético murro dado pelo diretor-geral do Detran, Léo Moraes, no peito de Marcos Rogério, seguido de um empurrão. O Entrelinhas postou o ocorrido. Alguns sites respostaram o material, dando o crédito, mas ainda teve site que copiou o texto e ainda disse que o material seria exclusivo.

O Entrelinhas citou que o senador Marcos Rogério, supostamente demonstrando sinais de possível embriaguez, disse que falaria do pai, da mãe e da esposa de Léo Moraes. O diretor do Detran perdeu a paciência, dando o hipotético murro e o suposto empurrão.

Mas o governador pode ficar tranquilo, porque com ele isso não aconteceria. O senador Marcos Rogério pode ser arrogante, mas não é burro. Marcos Rocha é quinto dan de karatê. Não convém querer trocar murros com ele.

Em seu discurso, o governador declarou:

“Não bebo, não vou dar vexame em festa, nem apanhar de ninguém”.

O senador pode ser arrogante, mas não é burro. Marcos Rocha é quinto dan de karatê

Veja o vídeo disponível no Instagram do Humor Rondoniense.

Instagram will load in the frontend.
0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

0
Would love your thoughts, please comment.x
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
×

Olá!

Clique em um de nossos contatos abaixo para conversar no WhatsApp

× Canal de denúncias