Ex-delegado da PF que comandou operação contra corrupção em 2008, tem prisão decretada

O ex-delegado da Polícia Federal e ex-deputado Protógenes Queiroz teve sua prisão decretada pelo juiz Nilson Martins Lopes Junior, da 6ª Vara Criminal Federal de São Paulo, nesta terça-feira (2).

A decisão também incluiu o pedido para que o nome de Queiroz seja adicionado à lista vermelha de procurados da Interpol.

O banqueiro Daniel Dantas acusa o ex-delegado de violar o sigilo funcional ao vazar informações da Operação Satiagraha, da qual foi alvo em 2008.

Dantas acusa Queiroz de repassar informações sobre diligências a jornalistas em seis ocasiões.

Desde 2019, a ação se arrasta na Vara Federal devido à dificuldade de citar o réu, que vive na Suíça desde 2015, alegando asilo político concedido pelo governo suíço.

Com tentativas fracassadas de citar Queiroz, a equipe jurídica de Dantas e o Ministério Público Federal solicitaram a prisão preventiva do réu.

O juiz Nilson Martins Lopes Junior afirmou que o crime imputado ao ex-delegado tem pena superior a 4 anos de prisão e destacou a existência de “prova do crime e indícios de autoria”.

O magistrado ressaltou a dificuldade em localizar Queiroz e determinou o bloqueio do passaporte do réu.

A Operação Satiagraha, comandada por Protógenes Queiroz em 2008, resultou na prisão de Daniel Dantas, Celso Pitta, Naji Nahas e outras 14 pessoas suspeitas de corrupção e lavagem de dinheiro.

As investigações tiveram início quatro anos antes, como desdobramento do caso do mensalão.

Protógenes foi afastado da operação por vazamento de informações à imprensa e realização de escutas ilegais com agentes da Abin.

Em 2010, foi condenado a três anos e quatro meses de prisão, pena posteriormente convertida em prestação de serviços comunitários.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
× Canal de denúncias