Secretária adjunta engravida e cegonha aterrissar na mesa do secretário

Se a cegonha não conseguir entrar, pode deixar o bebê ficará no heliponto ali perto, pois apesar de viver aprisionado em suas tarefas, o papai vai buscar. E esses dias ainda perguntaram se ele faz jus ao salário - CN

Pode ser que a cegonha não consiga chegar ao gabinete, porque, segundo dizem, tem muita polícia lá

Uma simples palavra, como cegonha, cria uma imagem na cabeça do leitor. Porem, todos os leitores conseguem imaginar o que poderia acontecer diante de um fenômeno como esse.

A expressão “cegonha aterrissa na mesa do secretário” é uma maneira poética de dizer que a secretária adjunta engravidou e que a cegonha chegou a mesa do secretário de forma inesperada ou até mesmo chocante.

Essa situação pode criar diversos desafios e considerações, especialmente em ambientes de trabalho onde questões pessoais se entrelaçam com responsabilidades profissionais.

Em muitos casos, dependendo das políticas da instituição e do relacionamento entre as partes, pode ser necessário fazer ajustes ou providências para garantir a continuidade das atividades da secretaria e o apoio adequado à secretária adjunta durante a gravidez, assim diz a lei.

Em última análise, é importante ressaltar que a situação é um tanto delicada, embora a gravidez da secretária seja considerada um aspecto natural da vida, o secretário de estado foi bastante distraído, de fato, porém, vive aprisionado em suas tarefas, mal sabia que um pequeno contratempo estava prestes a agitar seu cotidiano ainda mais. Entre os meses de setembro e outubro de 2023, algo inusitado aconteceu nos corredores da secretaria: sua secretária adjunta, sempre discreta, começou a apresentar sinais de que a cegonha poderia estar a caminho.

Enquanto as fofocas se espalhavam pelos bastidores, o secretário estava sem saber ao certo como lidar com a situação, e ainda lhe perguntaram se ele faz jus ao salário de secretário. Com o passar dos meses, a barriguinha da secretária adjunta foi crescendo, até que, confirmou ser o secretário o mais novo papai do CPA. Em junho de 2024, nascerá o bebê.

Para surpresa de todos, a mamãe, agora ex-secretária adjunta, já tinha tomado posse em outro cargo público, deixando para trás os dias agitados da secretaria.

E assim, entre um decreto e outro, uma lei e outra, a vida seguiu seu curso, repleta de surpresas e reviravoltas, mostrando que, mesmo nos corredores do poder, a vida pessoal sempre reserva suas próprias surpresas.

Não se sabe se a cegonha conseguirá deixar o bebê diretamente na mesa do secretário, porque dizem que por lá tem muita polícia. Pode ser que a cegonha não consiga entrar. Mas ela pode deixar a encomenda no heliponto ali perto. O papai irá lá buscar. Parabéns ao papai secretário.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

0
Would love your thoughts, please comment.x
Are you sure want to unlock this post?
Unlock left : 0
Are you sure want to cancel subscription?
×

Olá!

Clique em um de nossos contatos abaixo para conversar no WhatsApp

× Canal de denúncias