Impeachment de Moraes volta com força ao Senado

Foto: STF

O senador Eduardo Girão (Novo-CE) voltou a criticar o Supremo Tribunal Federal (STF) e o ministro Alexandre de Moraes. Ele pediu a abertura de um processo de impeachment contra o ministro, que atualmente preside o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O senador disse que o jornalista Michael Shellenberger publicou matéria em que acusa Moraes de intimar judicialmente funcionários do X, antigo Twitter, “para entregar dados sensíveis e particulares de usuários”.

“Olhem só como isso é grave. Foi revelado ao mundo um ataque à democracia brasileira, com a omissão culposa do nosso Congresso Nacional, especialmente desta Casa, o Senado.”

Na opinião de Girão, o Brasil vive “uma nova ditadura do Poder Judiciário” e que a democracia brasileira “está em frangalhos”.

“Apenas três dias depois da publicação das graves denúncias, ao tomar conhecimento do caso, Elon Musk confrontou, de forma corajosa e aberta, o ministro Alexandre de Moraes, em uma de suas postagens no Twitter com a pergunta, abro aspas: ‘por que você está exigindo tanta censura no Brasil?’…”, fecho aspas.

Girão afirmou que “restrições, bloqueios, controle e censura nas redes sociais” só ocorrem em “ditaduras como a Rússia, como o Irã, a China e a Coreia do Norte, dentre outras”. Ele acrescentou que o STF é um “tribunal político”.

“Povo brasileiro, fique atento! Povo brasileiro, continue cobrando de forma ordeira, respeitosa, pacífica os seus representantes!”

Source: JCO
0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

0
Would love your thoughts, please comment.x
×

Olá!

Clique em um de nossos contatos abaixo para conversar no WhatsApp

× Canal de denúncias