Poderosa entidade do agro escancara a hipocrisia de Lula e recorre ao Congresso para corrigir decisão absurda

Ricardo Stuckert / PR

Uma das frases do presidente da República, o ex-sindicalista Lula, que marcaram a semana foi a seguinte:

“Eu já estou comendo picanha com cerveja. Obviamente, quem não come picanha pode comer uma verdura saudável, plantada pela agricultura familiar”.

O tom irônico do ‘cara de pau’, como era de se esperar, foi noticiado com sorrisinhos secos pelos jornalistas da velha mídia esquerdopata e tratado apenas como mais um ‘tropeço’ ou ‘equívoco’, claro…

Mas o certo é que a tão prometida picanha jamais passou perto do prato de milhões de brasileiros que ganham um salário miserável ou se arrastam por 30 dias com as políticas de auxílio.

A pior parte, entretanto, vem com a proposta do governo para a confusa e ‘piorada’ Reforma Tributária que tramita no Congresso Nacional.

Uma das metas é a criação de uma cesta básica nacional em que os alimentos não sejam taxados… mas nela não estará a carne, nem mesmo a de frango ou de porco, itens ainda não tão caros como a proteína bovina.

Ao tomar conhecimento do texto, a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), que representa o setor, já se mobiliza fortemente para que tal absurdo seja corrigido pelos próprios parlamentares.

Seria uma forma de ‘enfiar o novo texto ‘goela abaixo do petista’.

E se quiser vetar, ótimo… pois aí não terá mais como esconder toda sua hipocrisia.

Source: JCO
0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

0
Would love your thoughts, please comment.x
×

Olá!

Clique em um de nossos contatos abaixo para conversar no WhatsApp

× Canal de denúncias