Denúncia de “venda de sentença” contra Moraes é extremamente grave

A informação da colunista Malu Gaspar, do jornal O Globo, de que o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, soltou o coronel Marcelo Câmara, assessor de Jair Bolsonaro, em troca de um cargo nomeado pelo governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas, surgiu como uma “bomba”.

De acordo com a jornalista, “o lobby teve a participação do governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), do ex-presidente da República Michel Temer (MDB), responsável por indicar Moraes ao STF, e do comandante do Exército, Tomás Paiva. […] O governador descartou nomear um desafeto de Moraes para comandar a procuradoria-geral do Estado e colocou no posto um procurador aprovado pelo ministro”.

Nas palavras de Tiago Pavinatto, respeitado jurista e apresentador, trata-se de uma ‘venda de sentença’.

“Ele deu uma decisão de soltura de um preso preventivo EM TROCA de uma nomeação no Governo do Estado de São Paulo. E segue o cortejo…”, disse.

Source: JCO
0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

0
Would love your thoughts, please comment.x
×

Olá!

Clique em um de nossos contatos abaixo para conversar no WhatsApp

× Canal de denúncias