General Braga Netto aciona Moraes e exige sua coisas de volta

O ex-ministro da Casa Civil e candidato a vice na chapa de Jair Bolsonaro em 2022, general Walter Braga Netto, solicitou ao Supremo Tribunal Federal (STF) a devolução imediata dos objetos apreendidos pela Polícia Federal durante a operação Tempus Veritatis.

A investigação está relacionada a uma suposta tentativa de golpe de Estado e à abolição do Estado Democrático de Direito. O pedido foi dirigido ao ministro Alexandre de Moraes, relator do caso no Supremo.

Entre os itens apreendidos estão três armas de fogo (duas pistolas de 9 milímetros e uma de 45 milímetros), 239 munições e o passaporte. A defesa de Braga Netto alega que esses objetos estão devidamente registrados e são destinados à defesa pessoal do militar da reserva.

Os advogados também destacaram que nem a Procuradoria-Geral da República (PGR) nem a Polícia Federal solicitaram explicitamente a apreensão desses itens.

Além de Braga Netto, o ex-presidente Jair Bolsonaro também é alvo da operação Tempus Veritatis, e ambos estão impedidos de deixar o país.

Source: JCO
0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

0
Would love your thoughts, please comment.x
×

Olá!

Clique em um de nossos contatos abaixo para conversar no WhatsApp

× Canal de denúncias