Eleições 2026: Ministro Nunes Marques será presidente do TSE nas eleições de 2026

Foto: TSE

O ministro Kassio Nunes Marques, do Supremo Tribunal Federal (STF), assumirá, nesta segunda-feira (3), a vice-presidência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Com essa nova posição, ele será o sucessor da ministra do STF Cármen Lúcia, que assumirá o comando da Corte eleitoral.

A próxima mudança na presidência do TSE está prevista para agosto de 2026, quando Nunes Marques assumirá a liderança do tribunal durante as eleições gerais, que incluirão o pleito presidencial.

O TSE é composto por sete juízes: três do STF, dois do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e dois advogados indicados pela classe dos juristas. A presidência e a vice-presidência são ocupadas apenas pelos ministros do STF, seguindo um sistema de rodízio similar ao adotado pelo Supremo Tribunal Federal.

Nesta segunda-feira, Cármen Lúcia sucederá Alexandre de Moraes na presidência do TSE. Juntamente com a nova presidente, um novo vice também assumirá suas funções. Em 2026, quando Nunes Marques assumir a presidência, espera-se que o ministro do STF André Mendonça ocupe a vice-presidência do TSE.

Assim, a eleição presidencial de 2026 terá no comando da mais alta instância da Justiça Eleitoral os dois ministros do Supremo indicados pelo ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).

Bolsonaro já foi condenado em três julgamentos diferentes. A pena aplicada foi uma só: inelegibilidade pelo período de oito anos. Mesmo assim, o ex-presidente continue firme em defesa do país e lutando contra a inelegibilidade. 

 

Source: Redação/CN
0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Welcome Back!

Login to your account below

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.

0
Would love your thoughts, please comment.x
×

Olá!

Clique em um de nossos contatos abaixo para conversar no WhatsApp

× Canal de denúncias