Ismael Crispin e prefeito de Alta Floresta D’Oeste debatem com comandante do Corpo de Bombeiros implantação de um GBM no município

Parlamentar destacou que instalação da unidade do Corpo de Bombeiros representa o desenvolvimento do município

Na manhã desta terça-feira (22) o deputado Ismael Crispin esteve com o prefeito de Alta Floresta D’Oeste, Giovan Damo em reunião com comandante-geral do Corpo de Bombeiros de Rondônia, coronel BM Nivaldo de Azevedo Ferreira verificando a possibilidade de implantação de um Grupamento de Bombeiros do Corpo de Bombeiros Militar (GBM) no município.

Segundo o deputado Ismael, a instalação de uma unidade do Corpo de Bombeiros representa o crescente desenvolvimento de Alta Floresta D’Oeste, que completou no último dia 20 de maio, 35 anos de criação. “Além de representar desenvolvimento, um GBM proporciona segurança para os moradores da região. Diante de uma situação de sinistro o tempo para o atendimento pode ser determinante”, disse o parlamentar.

Texto: Laila Moraes – ALE/RO

Na presença da primeira-dama, vereadora anuncia namoro com o prefeito (veja o vídeo)

A política brasileira é um “circo de horrores” e não cansa de surpreender

O prefeito de São José das Missões (RS), Gilmar Weber Tolfo Alemão (PL), cidade com apenas 3.000 habitantes, reuniu o gabinete e aliados para gravar um vídeo em agradecimento ao deputado federal Valdemar Costa Neto (PL). O parlamentar havia destinado recursos de emenda parlamentar para a compra de uma van e um trator para a prefeitura.

Tudo ia bem e o vídeo seria uma produção digna de sucesso, mas o roteiro não estava, previamente, combinado entre os seus “atores” principais. Cada integrante da gestão municipal deveria fazer o seu agradecimento a Costa Neto pela emenda. A primeira-dama da cidade, Clarice, que também é Secretária Municipal de Assistência Social, deu início às falas. Em seguida, uma fila de aliados se juntou ao coro.

O vídeo já estava cansativo e repetitivo, quando o prefeito chega e, coladinha com ele, a vereadora Helena. Ela aproveita a solenidade especial para anunciar o surpreendente: é a nova namorada do prefeito casado.

“Boa tarde. Sou a vereadora Helena. Sou agente de saúde. Sou a nova namorada do prefeito Gilmar e vou trabalhar, incansavelmente, para a população da cidade”.

Pelo tom autoritário da “nova namorada”, já se sabe por que o silêncio impera após a divulgação da notícia.

De qualquer forma, fica evidente que a união na base política é mais importante do que desentendimentos pessoais.

Vai saber…

Confira o vídeo:

Fonte: Veja

Internado com câncer, Bruno Covas é transferido para UTI e intubado

Prefeito licenciado foi internado no Hospital Sírio Libanês para realizar exames que constataram sangramento no estômago

O prefeito licenciado Bruno Covas foi transferido nesta segunda-feira (3) para uma UTI (unidade de terapia intensiva) e intubado no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, após a descoberta de um sangramento no estômago.  

Ele havia sido internado neste domingo para realizar exames de sangue, de imagens e endoscópico, com o objetivo de prosseguir o tratamento quimioterápico e imunoterápico.

Segundo o boletim médico divulgado nesta segunda, a endoscopia mostrou um sangramento no local do tumor inicial, agora controlado com medidas de hemostasia local. Após o sangramento, Covas foi submetido à intubação oro-traqueal.

O prefeito licenciado é atendido por equipes coordenadas pelos médicos David Uip, Artur Katz, Tulio Eduardo Flesch Pfiffer e Roberto Kalil Filho.

Boletim médico do prefeito de São Paulo, Bruno Covas
Boletim médico do prefeito de São Paulo, Bruno Covas

Covas se licencia do cargo

Neste domingo (2), após ser internado para exames, Bruno Covas anunciou que licenciaria do cargo de prefeito de São Paulo (SP) por 30 dias, a partir desta segunda (3), para se dedicar ao tratamento médico de um câncer. 

Quem assumirá o posto é o vice-prefeito, Ricardo Nunes (MDB).

O prefeito, de 40 anos, trata desde 2019 um câncer na cárdia, órgão de transição entre estômago e esôfago, com metástase no fígado. Ao longo da última internação, que durou 12 dias, foram descobertos novos pontos afetados no fígado e nos ossos.

Fonte; R7

Prefeito de Machadinho entrega carro que ex-prefeito já havia entregue

Paulo da Remap entrega novamente o veículo e posa para foto

O prefeito de Machadinho D’Oeste, Paulo da Remap (DEM), que se elegeu com o discurso do “O Novo”, mesmo com apoio velhos políticos condenados, vem surpreendendo seu eleitorado com práticas da velha política. Uma delas foi essa: ele postou em suas redes sociais, a entrega de um veículo para atender a população do Distrito de Tabajara na área da saúde.

Secretário de Saúde, Eliezer bispo da administração passada entregando o veículo (Imagem Divulgação)

Até aí, tudo bem, acontece que o mesmo veículo já havia sido entregue no ano passado pelo ex-secretário de saúde na gestão do seu antecessor. Seis meses depois, o atual prefeito faz novamente a entrega do veículo e posa para foto. A população do distrito foi convidada a prestigiar, mas não se fez presente, comparecendo apenas a comitiva do prefeito, caracterizando politicagem.

Até aí, tudo bem, acontece que o mesmo veículo já havia sido entregue no ano passado pelo ex-secretário de saúde na gestão do seu antecessor. Seis meses depois, o atual prefeito faz novamente a entrega do veículo e posa para foto. A população do distrito foi convidada a prestigiar, mas não se fez presente, comparecendo apenas a comitiva do prefeito, caracterizando politicagem.

O prefeito vem sendo duramente criticado por tampar buracos na cidade com bloquetes. Porém, a administração anterior fazia a mesma coisa e alguns apoiadores que hoje compõe a administração atual iam para uma rádio comercial da cidade criticar o prefeito da época. Hoje fazem o mesmo.

“De acordo com informações, uma grande quantidade de material asfáltico apropriado para tapa-buracos está guardado. Segundo o informante, esse material teria sido adquirido pela administração anterior e não está sendo utilizado”.

O Prefeito, Paulo da Remap entregando novamente o veículo (Imagem Divulgação)

Descontentes com a administração do atual prefeito, o presidente da Câmara de Vereadores, o vereador Baiano do 38, denunciou que existe um caminhão caçamba parado há mais de 30 dias pela falta de uma peça que custa apenas 250,00, enquanto isso, agricultores sofrem com a falta de manutenção e encascalhamento nas estradas vicinais.

Isso sem falar nos servidores municipais que estão indignados com a atual gestão, que já sofrem com o atraso dos próprios salários. Para se ter uma ideia, os servidores não receberam seus vencimentos antes da Páscoa. Eles já estavam acostumados a receber sempre dentro do mês trabalhado. De acordo com a boca miúda de Machadinho, os servidores foram decisivos na eleição do atual prefeito, pois acreditaram na conversa do “novo” e elegeram Paulo da Remap.

“Pelo visto, o “novo” está fazendo o povo ter saudade do velho”.



Redação/CN

Prefeito de Chapecó encara a Globo, faz acusações seríssimas e viraliza na web (veja o vídeo)

Vocês distorcem, vocês acabam com a vida das pessoas

O prefeito de Chapecó (SC), João Rodrigues, que ganhou grande notoriedade graças aos procedimentos adotados em sua cidade, no combate à COVID-19, fez recentemente um contundente pronunciamento contra a Rede Globo, que acabou viralizando nas redes sociais.

João Rodrigues inicia a sua fala, com uma simples observação:

“Não há um ex-Globo, que defenda a Globo”.

Na sequência, o prefeito detona:

“Vocês distorcem, vocês acabam com a vida das pessoas, vocês destroem, mas vocês não constroem”.

E conclui com extrema virulência:

“Bando de canalhas, vocês não prestam. Seus imundos (…)”

Veja o vídeo:

Fonte: JCO

Presidente Alex Redano acolhe pedidos de prefeito e vereador de Vale do Anari

Anildo Alberton e Nedir Paz Florencio solicitaram apoio para a infraestrutura e o setor produtivo do município

O presidente da Assembleia Legislativa, Alex Redano (Republicanos), tem pautado sua atuação parlamentar através de parcerias com municípios, seja destinando emendas ou assegurando ações governamentais. E os prefeitos e vereadores sempre encontraram seu gabinete de portas abertas para o encaminhamento de suas demandas.

Nesta semana, o prefeito Anildo Alberton (MDB) e o vereador Nedir Paz Florencio, o Neodizinho (PSD), de Vale do Anari, estiveram com Redano e apresentaram uma série de pedidos, em nome da população do município que representa, para os setores de infraestrutura e produtivo.

“O prefeito e o vereador conhecem os problemas do município e são porta-vozes da comunidade, fui vereador e sei da importância desse trabalho, por isso sempre tenho uma atenção especial aos encaminhamentos dos prefeitos e dos vereadores”, observou Redano.

Para apoiar ações de melhorias na infraestrutura, o prefeito e o vereador solicitaram emendas para a compra de tubos corrugados, para a troca de pontes de madeira nas estradas vicinais, e também recursos para a construção de calçadas.

Já o setor produtivo teve a indicação de emendas para o incentivo à melhoria genética do rebanho leiteiro, e investimentos na aquisição de equipamentos para facilitar a produção no campo, especialmente dos pequenos agricultores, como perfuradores de solo, arados, ensiladeiras, trituradores, sulcadores, carretas basculantes e planadeiras.

Texto: Eranildo Costa Luna-ALE/RO

Prefeito tranquiliza a população com a compra 38 mil Urnas Funerárias (veja o vídeo)

.

O paulista Zé do Caixão, está se preparando para uma guerra.

Em coletiva de imprensa, o prefeito de São Paulo, o tucano Bruno Covas (PSDB), disse que a prefeitura já avia compra mais 38 mil urnas funerárias e abriu mais de 13 mil valas nos cemitérios da cidade com apoio de quatro mini retroescavadeiras.

Veja o que diz o Tucano:

“Já compramos 38 mil novas Urnas Funerárias, compramos mais de três mil EPIs para os funcionários dos cemitérios municipais, já adquirimos 15 mil sacos reforçados para o deslocamento de corpos na cidade de São Paulo, estamos abrindo, 13 mil novas valas, para enterrar mortos, inclusive com apoio e utilização de quatro mine retroescavadeiras e oito camarás refrigeradas que podem guardar até mil corpos aguardando o sepultamento”.

Isso é mesmo um cabeça de (…).

Para o prefeito, o pior ainda está por vir…

Infelizmente, parece que o prefeito não está preocupado em fazer tudo o que for possível para salvar a vida das pessoas infectadas. Parece que a preocupação do Zé do Caixão não salvar vidas e sim enterrar as pessoas. Coisa de louco!  

Veja o vídeo:

da Redação/CN

Prefeito sugere uso de pulseira para identificar pessoas contaminadas com covide-19 (veja o vídeo)

.

Paulo da Remap, sugeriu o uso de pulseira para identificar morador com covid-19

“Em reunião com sua equipe, o prefeito de Machadinho D’Oeste, Paulo da Remap (DEM), sugeriu o uso de ‘pulseira‘ para identificação de pacientes com covid-19. Se a pessoa fizer o teste e estiver contaminado, ele passa usar uma pulseira vermelha. Caso esteja sentindo algum sintoma e esteja aguardando resultado, ele pode usar pulseira de outra cor”.

Tudo indica que a ideia do prefeito, é que se a pessoas tiver algum tipo de contato com uma pessoa positivado ele entre em quarentena automaticamente. Contudo, a proposta do mandatário tem gerado algumas polêmicas entre os moradores nas redes sociais e grupos de WhatsApp.

Além da dor e o sofrimento causado pelo vírus, o prefeito de Machadinho ainda quer causar esse tipo de constrangimento a população. Isso é inaceitável, as pessoas precisam entender que o vírus está circulante, independente de quem está ou não com uma pulseira no braço identificando que esta infectado. Até porque, muitas pessoas podem estar contaminadas e não apresentar sintomas, como tem acontecido.

Eu pergunto: “Essa pulseira vai ajudar diminuir a circulação comunitária do vírus no município?”.

Onde fica a preservação da identidade do paciente?

Sigilo do paciente

De acordo com o Código de Ética da Medicina, o segredo médico pertence ao paciente, sendo o médico seu depositário e guardador. Portanto, informações particulares só podem ser mencionadas em situações muito especiais como, por exemplo, em caso de dever legal, justa causa ou autorização expressa do paciente.

“Revelar segredo médico sem justa causa ou dever legal, que possa causar dano ao paciente é crime”.

Confira:

da Redação/CN

Prefeito Hildon Chaves adere a consórcio nacional para comprar vacinas

Grupo com 300 prefeituras firma compromisso de organizar compra conjunta a preços justos

O prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, firmou em Brasília, nesta terça-feira (02), protocolo de intenções para aderir ao consórcio público que será instituído pela Frente Nacional de Prefeitos para a aquisição de vacinas contra a Covid-19. Segundo ele, a iniciativa leva em conta os atrasos no cronograma nacional de vacinação.PUBLICIDADECONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Inicialmente, serão envolvidos cerca de R$ 10 milhões, recursos oriundos da União e contrapartida da Prefeitura de Porto Velho. O caminho até a compra das vacinas, entretanto, ainda está no início segundo o prefeito.

“O mundo inteiro está demandando os insumos e as vacinas, o que torna a situação muito complexa”, destacou Hildon Chaves. Para ele, o quadro é agravado pelo fato do calendário nacional de vacinação estar atrasado.

ALTERNATIVAS

Além de aderir ao consórcio nacional, que envolve cerca de 300 prefeituras de todo o país, outras alternativas estão sendo adotadas, segundo HIldon Chaves. “A situação é muito difícil de ser resolvida, mas não quero abrir mão de nenhum dos caminhos possíveis. Vamos atuar em mais de uma frente”, esclareceu. Já há conversações adiantadas, segundo Hildon Chaves, com o Tribunal de Justiça, Ministério Público, Tribunal de Contas do Estado e governo estadual em busca de soluções para a compra das vacinas.

Hildon-Chaves-adere-a-consorcio-nacional-para-comprar-vacinas-doc-convertido

INÍCIO

Hildon Chaves deixa claro que ainda não é possível garantir detalhes como a data em que será feita a aquisição da vacina. “Estamos iniciando tratativas que se tornaram viáveis a partir da decisão do STF anunciada no dia 23 de feveiro”, esclareceu.

Em dezembro de 2020, ele esteve no Instituto Butantan, em São Paulo, e firmou compromisso de compra da vacina, pois o governo federal estava emitindo sinais de que não faria aquisições daquele laboratório. Houve mudança na postura e União passou a fazer a compra em caráter de exclusividade. As negociações iniciadas pela Prefeitura de Porto Velho restaram prejudicadas.

LABORATÓRIOS

“O Brasil está atrasado no processo e a vacinação é feita a conta-gotas, infelizmente”, lamenta o prefeito. Ele acredita que o consórcio nacional é um caminho viável para as negociações com os laboratórios, sem abrir mão de buscar preços justos no mercado.

Atualmente, cabe a Marcelo Thomé, presidente da Agência de Desenvolvimento de Porto Velho, fazer a interlocução com os laboratórios. “Temos outros colaboradores como os prefeitos das capitais, incluindo os de São Paulo e Rio de Janeiro. Todos trabalhando em conjunto, correndo contra o tempo”, conclui o prefeito.

Fonte: SMC – Texto: Nonato Cruz

Jornalista, que fazia freelancer para Estadão é demitido pelo prefeito de Rio Branco

.

Jácome alegou que estava de folga do trabalho

O jornalista João Renato Jácome foi exonerado do cargo de chefe de gabinete na Secretaria de Meio Ambiente de Rio Branco (AC), depois que apareceu em coletiva de imprensa do presidente Jair Bolsonaro, na quarta-feira (24), durante dia normal de trabalho, para prestar serviço freelancer para o jornal “O Estado de S. Paulo”.

Jácome foi demitido pelo prefeito Tião Bocalom (Progressistas) no dia seguinte à coletiva em que tentou questionar o presidente da República a respeito de decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) que, supostamente, favoreceu o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ).

“Presidente, qual a avaliação fez da decisão do STJ, ontem, de derrubar a quebra dos sigilos fiscal e…”, disparou, referindo-se ao julgamento realizado, na terça-feira (23), em que ministros da 5º Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) votaram a favor de um pedido da defesa do senador e anularam a quebra de sigilos fiscal e bancário no caso que envolve o ex-assessor Fabrício Queiroz.

Atento à má intenção do comunicador, Bolsonaro respondeu:

“Acabou a entrevista”.

Ao site O Globo, Jácome alegou que estava de folga do trabalho e, por isso, resolveu prestar serviços jornalísticos a outro veículo de comunicação. Mas, o prefeito Tião Bocalom desmentiu o jornalista e disse:

“Eu o demiti porque ele estava em horário de serviço, trabalhando para o jornal Estadão. Como comissionado, ele não poderia fazer isso. Ele diz que estava de folga, folga de quê? Não tem folga, não”, declarou.

Bolsonaro viajou ao Acre e sobrevoou as regiões afetadas pelas enchentes e alagamentos, entregou 13,5 mil doses da vacina Oxford/AstraZeneca contra a Covid-19 e disponibilizou R$ 450 milhões para o Ministério do Desenvolvimento Regional apoiar estados e municípios no enfrentamento aos desastres naturais que vêm ocorrendo no país. Os recursos serão utilizados em ações de socorro, assistência às vítimas e restabelecimento de serviços essenciais.

Fonte: JCO